D2 Visa Portugal

Residência por Investimento

O que é o Visa D2 Português?

O Visto D2 de Portugal é um tipo de visto concebido para pessoas que pretendam estabelecer uma empresa, investir na economia portuguesa ou exercer actividades empresariais em Portugal.

Este visto insere-se na categoria mais ampla dos vistos de residência e destina-se a promover o desenvolvimento económico e a atrair investimento estrangeiro para Portugal.

Subscreva a nossa newsletter para receber actualizações sobre o Visto D2 e outros programas de residência por investimento.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS PARA OS INVESTIDORES

Oportunidades de Empreendedorismo

O Visto D2 foi concebido para apoiar pessoas que pretendam criar a sua própria empresa, investir num negócio já existente ou exercer actividades empresariais em Portugal.

Investimento na economia portuguesa

O visto incentiva indivíduos estrangeiros a fazer um investimento substancial em Portugal. Esse investimento pode contribuir para a economia local, a criação de empregos e o desenvolvimento econômico geral.

Residência em Portugal

Os portadores do visto D2 têm o direito de residir em Portugal. Isso lhes permite viver e trabalhar no país, gerenciando ativamente suas operações comerciais e contribuindo para a comunidade local.

Status renovável

Embora o visto D2 inicial possa ser emitido por um período específico, ele geralmente é renovável. Desde que a empresa permaneça viável e continue a atender aos requisitos do visto, os empresários podem renová-lo.

Reunificação familiar

O visto D2 permite a reunificação familiar. Dependentes, como cônjuges e filhos, também podem solicitar autorizações de residência em Portugal, permitindo que as famílias vivam juntas no país.

Acesso ao Espaço Schengen

Com um visto D2, as pessoas podem viajar dentro do Espaço Schengen para estadias curtas (até 90 dias) para fins de turismo ou negócios. Isso proporciona flexibilidade para viagens dentro da União Europeia.

Requisitos

Para se qualificar para o Visto de Residência D2, você precisa atender aos seguintes critérios:

> Atividades empreendedoras: Você deve propor um plano de negócios viável ou um projeto de investimento que possa contribuir para a economia portuguesa.

Requisitos de investimento:

> Valor do investimento: Pode variar, dependendo do projeto específico, mas geralmente é substancial. Você precisará demonstrar que tem os fundos necessários para apoiar seu projeto;

> Registro criminal limpo: Você não deve ter antecedentes criminais em Portugal ou em seu país;

> Cobertura de seguro-saúde válida em Portugal.

COMO SE CANDIDATAR AO VISTO D2 PASSO A PASSO

Passos 1 a 3

1. Preparação e Pesquisa:

Familiarize-se com os requisitos para o visto D2, incluindo a documentação necessária e os critérios de investimento.

2. Criação de um Plano de Negócios:

Crie um plano de negócios detalhado que descreva o conceito do seu negócio, o plano de investimento e o impacto econômico potencial do seu negócio em Portugal.

3. Verificação a Elegibilidade para o Visto:

Certifique-se de que você atende aos critérios de elegibilidade para o Visto D2, incluindo os recursos financeiros, seguro de saúde e compromisso de administrar ativamente o negócio em Portugal.

Passos 4 a 6

4. Entre em contato com o Consulado ou a Embaixada de Portugal:

Entre em contato com o consulado ou embaixada de Portugal em seu país de origem para obter as informações necessárias e os formulários de inscrição. Muitas vezes, você pode encontrar essas informações no site oficial da embaixada.

5. Reunir os Documentos Necessários:

Veja todos os documentos necessários na próxima seção..

6. Marque uma consulta:

Alguns consulados ou embaixadas podem exigir que você agende um horário para a apresentação do pedido de visto. Verifique os requisitos específicos do consulado ou embaixada com o qual você está lidando.

Passos 7 a 9

7. Enviar inscrição:

Compareça à entrevista agendada e apresente sua solicitação de visto juntamente com todos os documentos necessários. Pagar as taxas aplicáveis.

8. Entrevista (se necessário):

Esteja preparado para uma entrevista, que pode fazer parte do processo de solicitação. O consulado ou a embaixada pode querer discutir seu plano de negócios e suas intenções com mais detalhes.

9. Aguardar a decisão sobre o visto:

O tempo de processamento dos pedidos de visto D2 pode variar. Você será informado sobre a decisão assim que o processo de visto for concluído.

Passos 10 a 12

10. Travel to Portugal:

If your D2 Visa is approved, travel to Portugal within the specified timeframe.

11. Register Your Business:

Upon arrival in Portugal, register your business with the appropriate authorities and obtain a Portuguese tax identification number (NIF).

12. Residence Permit:

After registering your business, apply for a residence permit, as the D2 Visa is a short-term visa, and the residence permit will allow for a longer-term stay.

Quanto devo investir para obter o visto D2 em Portugal?

Ao se preparar para solicitar o visto D2, é essencial fazer um orçamento não apenas para as taxas do visto, mas também para outras despesas relacionadas, incluindo seguro de saúde, acomodação e investimento necessário para o negócio.

seguro saúde, acomodação e o investimento necessário para o negócio.

As taxas específicas para o visto D2 em Portugal podem variar de acordo com fatores como nacionalidade e consulado ou embaixada que está processando a solicitação. As taxas de visto estão sujeitas a alterações e é importante verificar as informações mais recentes com o consulado ou a embaixada de Portugal em seu país de origem.

Nossas taxas de visto cobrem todos os custos associados ao processamento da solicitação, tradução de documentos e quaisquer taxas legais associadas ao registro de negócios em Portugal. Não inclui custos de seguro de saúde.

Para obter informações mais detalhadas sobre nossas taxas e condições de pagamento, entre em contato conosco.

Documentos Necessários

1) Formulário de solicitação de visto

Um formulário de solicitação de visto D2 preenchido, que geralmente pode ser obtido no site oficial do consulado ou embaixada de Portugal.

2) Passaporte válido

Um passaporte válido com pelo menos duas páginas em branco e um período de validade que se estenda além da duração prevista da estadia.

3) Fotos para passaporte

Fotografias recentes, tamanho passaporte, que atendam a requisitos específicos.

4) Plano de Negócios

Um plano de negócios abrangente que descreva a natureza do negócio, o plano de investimento e o possível impacto econômico

5) Comprovativo de Acomodação

Comprovação de arranjos habitacionais adequados em Portugal.

6) Seguro de Saúde

Comprovante de cobertura de seguro-saúde válido para a duração de sua estada em Portugal.

7) Verificação de Registro Criminal

Um certificado de seu país ou países de residência que comprove que você não tem antecedentes criminais.

8) Comprovação Financeira

Documentação que comprove seus meios financeiros para se sustentar durante sua estadia em Portugal sem depender de assistência pública.

9) Detalhes do Investimento

Documentação que comprove sua capacidade de fazer um investimento substancial em Portugal, seguindo os requisitos do visto.

10) Qualificações Educacionais e Profissionais

Documentos que comprovem suas qualificações educacionais e profissionais, especialmente se forem relevantes para o negócio proposto.

11) Carta de Intenção

Uma carta descrevendo sua intenção de administrar ativamente o negócio e residir em Portugal.

12) Comprovante de pagamento

Recibos ou comprovantes de pagamento de quaisquer taxas de visto aplicáveis.

Perguntas frequentes

Abaixo estão algumas perguntas frequentes (FAQs) e suas respostas relacionadas ao Visto D2 para Portugal.

O que é o visto D2 para Portugal?

O Visto D2 é uma categoria de visto em Portugal destinada a empreendedores e investidores que desejam desenvolver suas startups ou fazer um investimento no país.

Quais são os principais requisitos para o visto D2?

Os principais requisitos incluem um plano de negócios viável, um investimento substancial no negócio, o registro legal do negócio em Portugal, comprovante de acomodação, seguro de saúde e a capacidade de se sustentar financeiramente.

Quanto investimento é necessário para o visto D2?

O valor específico de investimento exigido pode variar, e é essencial verificar os requisitos mais recentes. Em geral, espera-se um investimento substancial que contribua para a economia portuguesa.

Posso trabalhar em Portugal com um visto D2?

O visto D2 inicial normalmente é emitido por um período inicial, geralmente de um ano. Posteriormente, ele pode ser renovado por períodos adicionais, dependendo da viabilidade contínua da empresa.

Por quanto tempo o visto D2 é válido?

O visto D2 inicial normalmente é emitido por um período inicial, geralmente de um ano. Posteriormente, ele pode ser renovado por períodos adicionais, dependendo da viabilidade contínua da empresa.

Preciso residir em Portugal com um visto D2?

Sim, os portadores do visto D2 devem residir em Portugal e administrar ativamente seus negócios.

Agende uma Consulta On-line

Nosso conjunto de serviços foi projetado para ser sua solução completa no processo de obtenção do seu visto D2.

Nosso compromisso é oferecer excelência em todos os aspectos da sua jornada para o visto D2, garantindo que você possa se concentrar no que é mais importante, enquanto nós cuidamos do resto.

Com o apoio de uma equipe de profissionais de diferentes áreas de negócios – como advogados, contadores e especialistas em imóveis – você pode confiar em nós para fornecer com precisão o que você precisa para enviar sua solicitação e obter seu visto D2 com sucesso.

Está pronto para dar o primeiro passo de sua jornada?

Agende sua consulta on-line aqui.

Faça o download do seu eBook sobre o visto D2 português

Tudo o que você precisa saber sobre esse programa.

Ao enviar este formulário, você concorda em receber nossas comunicações por e-mail e concorda que suas informações de contato serão armazenadas conosco.